Sites e e-commerces que não possuem versão mobile perderão performance

Written by Super User on . Posted in Blog

Blog do Google para Webmasters anunciou oficialmente no último dia 26 de fevereiro uma nova atualização em seu algoritmo de buscas que, segundo especialistas em SEO em todo o mundo, terá um impacto ainda maior que o Panda e o Penguin.

O “mobilegeddon”, como alguns vêm chamando a mudança, possui, segundo o Google, duas grandes novidades “que ajudarão os usuários a encontrar mais conteúdo de sites mobile”:

    1. Mais sites mobile nos resultados de busca;
    2. Mais conteúdo de aplicativos nos resultados de busca;

 

O primeiro tem data para acontecer: 21 de abril (feriado no Brasil). “A partir de 21 de abril, estaremos expandindo o uso de recursos mobile-friendly como sinal de ranqueamento. Esta mudança irá afetar as buscas em dispositivos móveis em todos os idiomas e países, impactando significativamente os resultados de busca”, informou o Google no post sobre a novidade.

Mas há também uma outra atualização já em pleno funcionamento. Segundo o mesmo texto, o Google passará a usar “informação de aplicativos indexados como fator de ranqueamento para usuários que já possuem o app instalado.”

Ainda de acordo com o post, “quando se fala em buscas em dispositivos móveis, os usuários passarão a receber resultados relevantes e oportunos, não importando se a informação está em um site mobile-friendly ou em um aplicativo.”

Esta é uma informação de extrema relevância. Agora, o que você busca pelo celular retornará um resultado ainda mais unificado, relevante e preciso de sites e aplicativos mobile.

Agências digitais brasileiras avançam e devem faturar R$ 3,3 bilhões neste ano, diz Abradi

Written by Super User on . Posted in Blog

agencia-<strong>digital</strong>-campinas-faturamento-2015

Censo Digital também revela que de 30% das empresas do segmento já exportam serviços

As agências digitais brasileiras devem faturar R$ 3,3 bilhões em 2014, apresentando um crescimento de 22% em relação ao ano anterior. A previsão é da 5a edição do Censo Digital, realizado Associação Brasileira dos Agentes Digitais (Abradi). 

Ainda de acordo com o estudo, o faturamento do setor em 2013 foi de R$ 2,7 bilhões, expansão de 25% em relação a 2012, quando o atingiu R$ 2,2 bilhões. Os dados levam em consideração apenas serviços digitais – e não investimentos em mídia.

Google+